Quinta-feira, 21 de Junho de 2007

Haja paciência!!

A paciência é uma grande virtude, já dizia a minha bisavó, entre perdigotos e uma dentadura que teimava em não parar quieta. No entanto, há quem não prime por ser paciente…

 

A Sofia toma o pequeno-almoço sempre no mesmo sítio. Todos os dias, às 8 da manha, lá está ela de porta-moedas entalado debaixo do braço, a pedir uma meia de leite e um pão com manteiga. Todos os dias, espera cerca de dez minutos a ser atendida pela Dona Alcina. Todos os dias resmunga por ter de esperar tanto tempo.

Volta e meia, tomo o pequeno-almoço com ela. No entanto, mal chego sou atendida e sempre com direito a duas de treta.

Porque? Se eu pensar um bocadinho, chego à conclusão que é apenas e só pela treta. As pessoas gostam de conversar, e mimam quem as mima.

 

Pensem lá na quantidade de vezes em que são mal atendidos seja por quem for? Será que são os outros quem vos recebe mal? Ou serão vocês que, por falta de paciência, se esquecem que estão a falar com pessoas, que como tantas outras, têm uma vida própria, família, alegrias e problemas? Será que custa assim tanto perder dois minutos para perguntar se está tudo bem?

 

 

Hoje em dia o tempo parece nunca chegar para nada.

Mas….

           … Será que já não há tempo para a simpatia?

sinto-me:
publicado por happyend às 03:17
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Terça-feira, 19 de Junho de 2007

Quem nasce para 8 nunca chega a 80000000000

Estava uma linda tarde de sol. Era no inicio da Primavera e o seu astro preferido brindou-as com um dia morno e agradável.

 

Vamos tomar café?

Vamos. Mas vamos a um sítio daqueles bonitos, que tu gostas.

Então bora tomar café ao Cais!

 

Lá foram frescas e fofas, enfiadas no Renault Cinco amarelo, tomar café à zona in da cidade. Chegadas ao Cais, Carina Vanessa e a Liliana Cristina, não hesitaram em escolher o café mais chique que encontraram. Empinaram o nariz, puxaram as calças para cima (escondendo a cueca que teimava em mostrar-se a todos), e entraram feitas madames.

Não eram propriamente meninas de bem, trabalhavam numa fabriqueta de collants em Rio Tinto e faziam horas extra no Bingo do FCP. Estes dois trabalhos, permitiam-lhe tomar café num sítio destes… mas só café!

 

Eu queria um café, sãs favor.

E eu uma garrafa d’água fresca. Sem gás, que essas coisas fazem-me mal ao estrogamo!

 

Sentaram-se tentando parecer naturais num meio que não era o seu. Seguras da sua posição de clientes de café da moda, sacaram das suas leituras. Carina trouxe a Maria e Liliana o Guia Astral.

Os clientes (verdadeiramente) assíduos lá do sítio, observam estas duas aves raras com desconfiança e inquietavam-se nos seus lugares de modo a absorver o máximo de informação sobre as personagens.

Elas continuam nas suas poses de bem, copiadas das revistas cor-de-rosa que compram todas as segundas. Falam e riem a alto e bom som, porque nas duas cabecinhas oxigenadas, gente rica fala e ri assim.

Quando “finalmente” chega o empregado, vem com uma bandeja branca, com uma série de copos e pratinhos, chocolate, açúcar de vários tipo, guardanapo e colher.

 

Olha lá… uma pessoa espera um século para ser atendida e ainda te enganas no pedido??

 

O empregado, estupefacto, alterna o seu olhar entre as madames e o tabuleiro.

 

“Mas… as senhoras desculpem… mas não pediram café?”

“Dahhh, se sabes para que trouxestes isso?”

“Mas é assim que servimos o café…”

“Cambada de intrujões! É por isso que dizem qu’isto aqui é caro… Espetam-nos com essas merdices todas e depois temos que pagar tudo… Ó filha, vamos embora que num ando a trabalhar p’alimentar marmanjões deste tamanho!”

“Mas….”

 

Disparam café fora sentindo-se muito espertas por descobrirem o esquema dos cafés caros. Quando chegaram ao bairro contaram o feito a todos com quem se cruzaram.

No dia seguinte, quando foram comprar moletes, voltaram a repetir a história para quem quisesse ouvir.

 Alguém sorriu ao ouvi-las… Envolvido no cheiro a pão quente e a meias de leite descoradas, estava o empregado que as serviu…


 



Sabemos que não foi bem assim... Mas adorei reiventar o sucedido... Bons tempos...

 


sinto-me: idiota lolololol
publicado por happyend às 03:19
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Domingo, 17 de Junho de 2007

Tempo de viver

Um dia destes, um puto de 5 anos disse-me assim:

 

Ser crescido num é muito divertido… não têm brinquedos, não jogam playstation… e quando chegam a casa ainda têm que ir trabalhar para o computador!

 

É bem verdade… quantas vezes não saímos de casa para fazer uma coisa que nos parece inadiável? Quantas vezes recusamos um convite dos amigos porque achamos que temos de tratar de determinado assunto naquela exacta hora? Quantas vezes olhamos para um jogo e pensamos que temos outras coisas mais importantes para fazer?

 

A vida passa num abrir e fechar de olhos. Tem que haver tempo para brincar, para os amigos e até mesmo para nós. Às vezes, cinco minutos de conversa no café vão fazer com que a tarde de trabalho seja mais leve. É preciso parar um bocadinho… rir… conversar… aliviar o stress… e depois tudo aquilo que tivermos para fazer vai ser bem mais simples… Experimentem!


 

sinto-me: com tempo para tudo...
publicado por happyend às 03:06
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
Quinta-feira, 14 de Junho de 2007

Ainda à espera da vacina...

Bem… o prognóstico está confirmado: Paixonite Aguda, causada pelo vírus do Amor….

Ainda mantenho a minha sanidade mental, graças a Deus! No entanto, alguns dos sintomas estão mesmo a agravar-se…

 

Acho que foi a Maria que me contagiou com aquela mania maluca dos encontros virtuais. Porque “até aparecem gajos em condições…” e porque “pelo menos fazes amigos novos” lá me convenceu a experimentar. Depois lá foram aparecendo convites doidos, conversas inteligentes, fotos estranhas, noites em claro… e foi quando… PUFF… Fiquei assim!

 

A minha racionalidade está afectada e com ela também a da Maria. Quem é que vai por juízo naquela ninfomaníaca carente??? Hum? Altruísmos à parte, estou bem mais preocupada comigo. Quase com o mesmo tipo de preocupação que afecta as pessoas quando se fala e fazer robots com sentimentos… Será que vão destruir tudo?

Estou a ser paranóica, eu sei. Mas eu gosto de ter a cabeça bem assente nos ombros e os pés bem assentes na terra… ultimamente, a minha cabeça anda na lua e os pés pisam as nuvens…

 

Já me tinha esquecido do que isto era…

 

É bom…

 

É desesperante…

 

É…

 

Delírios! Um novo sintoma… ando a delirar e a pensar que sou capaz de tudo. Afinal, estar apaixonada é como descobrir um super poder, tipo quando o Peter Parker descobre que consegue trepar paredes, mesmo antes de começar a baloiçar-se pela cidade nas suas teias.

 

(… e o raio da vacina? Já descobriram alguma coisa?)

sinto-me:
publicado por happyend às 00:19
link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito
Segunda-feira, 11 de Junho de 2007

CUIDADO COM A ALERGIA!!!

O Amor é lindo…

‘Dassse não sei se é da Primavera, mas o que é certo é que anda tudo contagiado por essa alergia!

 

Entre os sintomas, temos por exemplo:

    - Suspiros. Sabe-se lá porquê, o vírus do Amor provoca problemas de oxigenação do cérebro, e por isso suspiramos para compensar a falta de ar.

    - Falta de memória. Deixamos de ter noção das horas, dos dias, dos amigos, do trabalho…

    - Falta de apetite. Este é o único sintoma que até dá jeito… de um momento para o outro, já nem sequer sentimos aquela necessidade de comer chocolate por tudo e por nada.

     -Comportamentos infantis. Começa-se a tratar tudo por diminutivos e a fazer comentários como “Que fofo…” e “Tão kido…”. Começamos também a achar piada às melosas comédias românticas que invadem os cinemas (aquelas que são indicadas para adolescentes sentimentalistas).

 

Isto é uma verdadeira epidemia! Não sei porque ainda ninguém tentou inventar uma vacina para o Amor… até porque em casos graves pode provocar uma outra doença grave, a Desilusão.

Mas também, pela carinha de parvos de alguns dos contagiados… acho que não iam seguir a medicação até ao fim… Até chegam mesmo a ter um ar kido

 

…… carinha……. Kido …….

Bem, acho que estou a ficar doente…

Que raio de alergia!!!

sinto-me: com medo... muito medo...
publicado por happyend às 17:58
link do post | comentar | ver comentários (12) | favorito

Quem não arrisca, não petisca!

A vida é feita de indecisões. Para uns passam pela cor da gravata, outros debatem-se com a dúvida da paternidade dos filhos, outros com o que comer ao jantar. Os problemas podem ser os mais variados e mais ou menos graves. O que me irrita são aquele que não nos deixam andar para a frente e nos fazem sentir na corda bamba.  

 

Lembram-se da Maria e do João?

Pois aquilo lá vai andando mas desta vez vejo a Maria derrapar. Ela até costuma ser uma miúda decidida mas agora… Bem me queria parecer que aquela coisa do “deixar a andar” era demais para aquela cabecinha loira…

 

“Isto num vai dar em nada…” A convicção não é forte. Às vezes até parece que se quer convencer a ela própria, obrigar-se a baixar as expectativas, evitar a todo o custo desilusões e algum sofrimento.

Deixa andar. Desliga lá o complicador e vai gozando.” Nem sei porque disse isto. Isto é que realmente não é coisa minha!

Ó, às vezes quero desistir, as depois acontece sempre qualquer coisa que me faz pensar que vale a pena…

 

Assim anda a nossa Maria, não sabe se vai, não sabe se fica… Pus-me a pensar nas vezes que não faço as coisas com medo de falhar. Por muito confiantes que sejamos, há sempre qualquer coisa que nos faz vacilar. A maior parte das vezes o que custa á a primeira vez e depois de nos decidirmos a andar em frente vemos que não custa assim tanto.

A Filipa fez o mesmo quando foi trabalhar. Chegou mesmo a avisar os directores da empresa que não queria fazer mais aquilo… e estava lá há duas semanas! Depois lá se deixou de merdas e avançou. Hoje gosta imenso do que faz e já não pensa em trocar de emprego.

 

Não se perde nada em tentar. Estas dúvidas e incertezas não podem ditar regras na nossa vida. Isso mesmo, NÃO PODEM. Por isso, da próxima vez que estiverem frente a um novo desafio, não desistam sem tentar. Sempre se podem rir, mais tarde, da figura de urso que fizeram. Mas pior que isso é arrependerem-se de nem sequer ter experimentado.

sinto-me: decidida!!!
publicado por happyend às 01:24
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Sexta-feira, 8 de Junho de 2007

Guerra dos sexos???

Comunicado a todos os homens que visitam este blog:

As pequenas histórias aqui contadas podem, à primeira vista, parecerer-vos completamente absurdas. É normal! As conversas de mulheres nunca são muito bem captadas pelos vossos ouvidinhos selectivos, que mais depressa apanham o relato que está a dar na casa do vizinho do que um pedido de atenção das vossas mulheres.
Os nossos mundos não estão longe, nem sequer são assim tão diferentes. No entanto, ás vezes parece que pertencemos a planetas diferentes.

Não quero dizer com isto tudo, que os homens são todos uns inconsequentes, interesseiros, brutos e tarados. Longe disso! Para nossa sorte, ainda existem alguns por quem vale a pena perder a cabeça. Mas desenganem-se se pensam que são assim tantos...

Quanto às mulheres... enfim, também estamos longe de ser perfeitas. Engendramos planos, falamos da vida alheia, namoriscamos aqui e ali... É certo que também nem todas são assim.

Por isso leiam os posts e pensem no que está mal na vossa vida, e riam com as vossas asneiras. Sejam voçes homens ou mulheres.

A Guerra dos Sexos é coisa do século passado!!
publicado por happyend às 19:12
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

.This is... me

online

.posts recentes

. Futebol? No thanks!

. Hipócritas de Natal

. Supé- Tias do século XXI

. Do que elas gostam...

. Just think about it...

. Se hesistas muito é porqu...

. To Like / To Love

. Don't worry... be happy

. Fazes-me falta

. O poder das palavras

.Abril 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.Visitantes

Free Hit Counters
Free Counter

.arquivos

. Abril 2009

. Dezembro 2008

. Junho 2008

. Fevereiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

.Vem ver...

.favorito

. Fazes-me falta

. Férias (in)desejadas

. Love to be loved

. Friends will be friends

. (IN)Seguranças

. Conversas de gajas

. CUIDADO COM A ALERGIA!!!

blogs SAPO