Segunda-feira, 17 de Setembro de 2007

To Like / To Love

Ultimamente tenho-me debatido com o verdadeiro valor da palavra "amo-te".

Será que vale a pena correr mundo para a encontrar ? Será que vale a pena desprezar uns "gosto muito de ti" em detrimento de um "amo-te" que poderá demorar séculos a aparecer? Será que uma relação baseada no conforto de um "gostar" é menos válida que uma baseada na loucura de um "amar"?

Enfim, por mais voltas que dê, acabo por me deixar andar no domínio do "gostar". Apesar de, a longo prazo, ser um tanto insatisfatório, é um domínio calmo, confortável e extremamente verdadeiro. Aqui não há ilusões, não há mentiras, não há brigas, nem ciúmes . Apenas se vive o momento, gozando cada dia que passa como se fosse o último. Não há o peso da responsabilidade de amar e ser amado...

É no entanto confuso viver assim... é como se já tivéssemos vivido num casarão junto ao mar e depois passarmos para um apartamento de onde se vê (ao longe) o mar. Por mais confortável que seja o apartamento vamos sempre ter saudades da imensidão do casarão.

Mas mesmo assim não sou infeliz neste "apartamento"... muito pelo contrário!
Acho que o importante mesmo é pensar que um dia voltarei ao "casarão"... e, quem sabe, desta vez para ficar... e lá, relembrar com um sorriso o conforto e a felicidade que me deu o "apartamento".
sinto-me:
publicado por happyend às 15:19
link do post | comentar | favorito
11 comentários:
De AL a 17 de Setembro de 2007 às 17:57
Gostar não é confortável, mas é bem mais fácil e seguro que amar pois depende, em muito, da nossa vontade. O ideal seria gostar tentando amar.

E se o amor nos apanha por um lado enquanto gostamos por outro!? Complicado, não? Bem, nesse caso o melhor mesmo seria ir viver para o apartamento e deixar o casarão para os fins-se-semana quando estamos mais disponíveis para disfrutar a paisagem.

(é apenas uma ideia!)

Kisses
De happyend a 22 de Setembro de 2007 às 15:47
'bigada pelo coment

De tulipabranca77 a 18 de Setembro de 2007 às 16:40
Desde já quero te dar os parabéns porque descreves muito o amor,nunca podemos dizer desde água nunca beberei bjs da tulipa branca
De happyend a 22 de Setembro de 2007 às 15:48
Obrigada e vai passando por cá
De maritona a 18 de Setembro de 2007 às 20:37
Já tinha saudades da tua escrita...
De happyend a 28 de Setembro de 2007 às 19:45
e eu das tuas "leituras"
De kami a 19 de Setembro de 2007 às 21:25
Acho que ambas partilhamos as nossas vidas num apartamento. Eu já gritei que tou farta, mas continuo, para já, a morar no apartamento.
De happyend a 28 de Setembro de 2007 às 19:46
com o tempo as coisas vão mudar! Mereces!
De nursy a 23 de Setembro de 2007 às 22:18
Para mim ainda existe um palácio... maior que o "casarão"... uma expressão que considero maior que o amo-te, que descobri há pouco tempo, mas que faz todo o sentido e diz tudo o que é gostar, amar e ser... "Eu sou tu".
De happyend a 28 de Setembro de 2007 às 19:48
Só desejo que esse teu sentimento dure para sempre...
Da unica vez que pensei assim acabei mais tarde a pensar ter cedido a minha vida por um "nós".

De L'etranger a 20 de Fevereiro de 2008 às 18:23
E o raio das "imobiliárias" que passam a vida a tentar impingir-nos belas vivendas...

Comentar post

.This is... me

online

.posts recentes

. Futebol? No thanks!

. Hipócritas de Natal

. Supé- Tias do século XXI

. Do que elas gostam...

. Just think about it...

. Se hesistas muito é porqu...

. To Like / To Love

. Don't worry... be happy

. Fazes-me falta

. O poder das palavras

.Abril 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.Visitantes

Free Hit Counters
Free Counter

.arquivos

. Abril 2009

. Dezembro 2008

. Junho 2008

. Fevereiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

.Vem ver...

.favorito

. Fazes-me falta

. Férias (in)desejadas

. Love to be loved

. Friends will be friends

. (IN)Seguranças

. Conversas de gajas

. CUIDADO COM A ALERGIA!!!

blogs SAPO