Quarta-feira, 23 de Maio de 2007

Nada se perde... tudo se transforma



"Três da tarde...
Ele já não vem...
Como é que ele é capaz de fazer isto? Já namoramos há 5 anos?!"


Tudo começa quando algo termina. É esta a lei da vida! Nascemos quando acaba a gestação, ficamos mais velhos cada vez que acaba um ano, morremos quando acaba a vida. As relações também são assim, acabam umas, começam outras... às vezes parece que somos simples grãos de areia numa praia e que, assim que soprar o vento, somos levados para outro lado, outra praia, outros grãos de areia diferentes.
É difícil aceitar isto.

" Desculpa... mas já não dá mais... eu gosto muito de ti mas não aguento mais esta relação."
"És um idiota! E eu sou tão burra por ter acreditado em ti... Perdi tanto por tua causa!"

Assim que o vento começa a soprar vem a culpa. Pensamos que é por termos feito determinadas escolhas que estamos assim. Que a culpa da nossa desgraça é apenas e só nossa.” Não sou suficientemente magra, atenciosa, confiante, bonita, inteligente…” Enfim, achamos que a vida é um grande drama, que nunca seremos felizes e que morreremos velhas, gordas e sozinhas.

 

No entanto, a beleza da vida está também noutra lei: “ Nada se cria, nada se perde, tudo se transforma”. E mesmo a maior das dores se torna mínima com o passar do tempo. Tudo aquilo por que passamos nos ensina alguma coisa…

 

Será que aprendi?

publicado por happyend às 20:36
link do post | comentar | favorito
4 comentários:
De nursy a 23 de Maio de 2007 às 20:59
Concordo plenamente contigo e com o que escreveste ... a felicidade está em pequenas coisas, a felicidade não é constante, mas existe...as relações começam e terminam.... com dor, saudades, sentimentos de culpa e de perda... mas todas as relações (e foi o que aprendi) nos ajudam a crescer, nos proporcionam momentos inesquecíveis , nos ensinam algo bom e mau... e isso é NOSSO, ninguém nos tira... continua!
De Imike a 23 de Maio de 2007 às 21:10
Olá...
a questão que colocas no fim do texto (Será que aprendi) é muito válida e a resposta à tua pergunta respondo com outra pergunta: Estás a sentir-te uma pessoa diferente? Sentes que evoluiste? Se sim não cometerás o mesmo erro...se sim...encontras-te presa num ciclo que mais ou tarde ou mais cedo voltará ao inicio!!!!!!

e é só a minha perspectiva!!!

Fica bem, beijos!!!
De Imike a 23 de Maio de 2007 às 21:11
Enganei-me no ultimo se sim...queria dizer se não....entras num ciclo...
De catia_mail@clix.pt a 24 de Maio de 2007 às 13:14
Disse que te fazia chegar a minha opinião!!
Não desistas e continua, no meu presente estado de espirito tocaste mesmo lá no fundinho!!! És um máximo:)

Agora coisas sérias: Quando voltas? Preciso das nossas loucuras e passatempos!!!!

Beijinhos e dá asas à tua veia artistica

Comentar post

.This is... me

online

.posts recentes

. Futebol? No thanks!

. Hipócritas de Natal

. Supé- Tias do século XXI

. Do que elas gostam...

. Just think about it...

. Se hesistas muito é porqu...

. To Like / To Love

. Don't worry... be happy

. Fazes-me falta

. O poder das palavras

.Abril 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.Visitantes

Free Hit Counters
Free Counter

.arquivos

. Abril 2009

. Dezembro 2008

. Junho 2008

. Fevereiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

.Vem ver...

.favorito

. Fazes-me falta

. Férias (in)desejadas

. Love to be loved

. Friends will be friends

. (IN)Seguranças

. Conversas de gajas

. CUIDADO COM A ALERGIA!!!

blogs SAPO